quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Massagem Modeladora ajuda a reduzir medidas

Na luta para conquistar a boa
forma e exibir um belo corpo, a massagem modeladora é uma maneira de eliminar
gordura localizada e reduzir medidas, sem provocar dores.

A técnica é
bastante procurada pelas mulheres, por sentir maior dificuldade de acabar com a
gordura localizada que se concentram no abdômen, coxas, glúteos, panturrilha e
braços. Dependendo da região a ser trabalhada, é possível reduzir de 5 a 10
centímetros das medidas.

Para detalhar um pouco mais sobre os reflexos
da massagem, tenho a ajuda da massoterapeuta da clínica Corpo & Essência
Nilza Silva. A profissional explica que a massagem modeladora age desfazendo a
linfa - inflamação do
tecido adiposo que vira gordura localizada. "Os nódulos
de gordura são desmanchados e vão para a corrente sanguínea, onde serão
purificados. Em seguida, o corpo elimina as toxinas por meio de urina ou fezes",
explica Nilza. Nesta técnica, não são utilizados aparelhos, mas apenas o
trabalho manual e um creme com propriedades ativas, para não causar atrito das
mãos no corpo. A


massagem auxilia a penetração do produto na pele,
aumentando a capacidade de absorção do hidratante. O movimento das mãos ajuda a
fazer o transporte da linfa - toxinas e impurezas que formam a gordura
localizada - para a os vasos sanguíneos, onde será purificada.

Quando
ocorre a redução de medidas, a pele tende a ficar mais flácida. Para impedir a
flacidez, utilizamos um creme especial, pois ele auxilia na renovação celular e
inibe a destruição do colágeno.

A massoterapeuta também explica que a
diferença da massagem modeladora para a relaxante, é a forma dos movimentos.
"Para auxiliar a modelagem e quebra dos nódulos de gordura, é necessário que o
massagista faça movimentos mais fortes e com maior pressão, atingindo uma camada
corporal mais profunda", fala. Por isso, pode acontecer de algumas mulheres,
após a sessão, ficar com a pele avermelhada. "Isso ocorre principalmente com
pessoas de pele branquinha e que são mais sensíveis", explica Nilza. Mas a
massoterapeuta ressalta que, a pressão muito forte pode estourar os vasos
sanguíneos e causar pequena hemorragia interna, que forma círculos de cor roxa
na região afetada e causa dor e desconforto.

Logo, vale lembrar que a
massagem não pode causar edemas no corpo. "Muitas mulheres acreditam que a dor é
um sinal de que o tratamento está fazendo efeito, o que é totalmente falso",
explica Nilza. "A massagem bem feita é aquela que reduz gordura localizada sem
precisar machucar a paciente. Por isso, desconfie se o profissional disser que é
normal a pessoa ficar levemente machucada ou com desconforto causado por
hematomas", avisa.